Qual a tendência do mercado imobiliário para os próximos anos?

Segundo eles, a previsão é que o setor imobiliário passe por uma virada em 2019, ou seja, o preço do metro quadrado vai, enfim, começar a subir e o segmento viverá uma recuperação ao longo dos anos.

Parte desse otimismo dos especialistas vem dos próprios números de 2018, que mostraram uma melhora significativa graças a dois fenômenos distintos: de um lado, a melhora da economia fez a demanda por imóveis subir e, em outro, ocorreu uma queda na oferta de novos empreendimentos, pois as incorporadoras passaram a construir menos, em meio à recessão.

Apesar das projeções positivas do mercado imobiliário em termos de vendas, se compararmos com outros nichos de mercado, a Transformação Digital na Construção Civil, no Brasil, para o setor segue em ritmo lento. E o principal motivo é a enorme burocracia, mercado em baixa, gastos altos, falta de investimento e questões políticas vivenciadas pelo país.

Nesse sentido, se a sua construtora, loteadora ou incorporadora deseja se manter competitivo no mercado imobiliário, é importante estar atento às novas tecnologias que estão surgindo, para estar preparado para lidar com os desafios e com as oportunidades que elas oferecem.

A seguir, entenda quais são as tendências do mercado imobiliário para os próximos anos em meio à transformação digital. Acompanhe:

Não relutar contra a realidade atual é uma grande tendência do mercado imobiliário para os próximos anos

Inicialmente, de acordo com o CEO do App Facilita, Glauco Farnezi, é primordial para sobrevivência das empresas no mercado imobiliário atual não tentar relutar contra uma realidade atual.

Farnezi explica que existe um mundo encantado de inovação com tecnologias inovadoras, como: chatbot, IA, blockchain, drones, realidade virtual. “Entretanto, é primordial ter uma preocupação: não ficar somente nessa realidade paralela e sem conseguir aplicar essa tecnologia”, completa.

O CEO do App Facilita aconselha a utilização do conceito de Minimum Viable Product ou Mínimo Produto Viável (MVP). “Por exemplo, se você encontrar uma tecnologia bacana e que a inovação seja aplicável, inicia-se, de forma simplificada, um processo de MVP”.

Segundo ele, o ideal é dar início em projeto 1.0: executar aquele projeto, ver quais melhorias podem ser aplicadas e vai rodando aquele ciclo do PDCA – executar, identificar pontos de melhoria e melhorar. Isto otimiza automaticamente o nível de inovação e complexidade, explicou.

Ele também conta que o recomendado é iniciar simples para depois chegar em um sonho de consumo de todos, onde todo o processo é automatizado, mais fluído e simples.

Mobilidade + comodidade

“Uma outra tendência do mercado imobiliário para os próximos anos é a dupla: mobilidade + comodidade, que são fundamentais para criar novos modelos”, aponta Farnezi. Ele cita, como exemplo, a Whatsapp, que, hoje, é uma ferramenta de comunicação inovadora e revolucionária.

“De fato, ele conseguiu revolucionar, mas, se voltarmos há alguns anos, tivemos o mIRC da década de 90. Depois, teve o ICQSkype. Nesse sentido, a realidade existente é das pessoas querendo se comunicar entre si. Porém, os modelos anteriores exigiam um computador ou, no caso do SMS, pagar alguma quantia em dinheiro. Ou seja, não tínhamos a facilidade do mobile na palma da mão e não tinha a comodidade para se criar um grupo discussão”, exemplifica.

A realidade existente sempre vai continuar em vários aspectos, em vários modelos de negócios, mas a grande questão é: criar novos modelos melhores e mais eficientes com mais mobilidade e mais comodidade. Assim, consequentemente, os modelos anteriores se tornam obsoletos.

“Dessa forma, é muito importante no mercado de inovação e tecnologia é não querer mudar o ecossistema existente, mas criar um novo modelo, que continue tendo compra e venda de imóveis, corretores e clientes. Porém, em uma dinâmica mais simples”, detalha o CEO do App Facilita.

Mas, como? Continue lendo para entender melhor:

A importância de soluções digitais para a sobrevivência no mercado imobiliário

Como já foi citado anteriormente, no início do artigo, já existem tecnologias disponíveis para  o mercado imobiliário, como: chatbot, IA, blockchain, drones e realidade virtual, por exemplo.

Porém, não falamos que, no mercado, você encontra diversas soluções tecnológicas específicas para o mercado imobiliário. Porém, a maioria delas não oferece uma adaptação aos processos das empresas.

Por isso, é importante ter em mãos um bom app mobile que tenha o funil de vendas totalmente adaptável com o processo de vendas de construtoras, loteadoras ou mesmo incorporadoras. Fique atento, poucos sistemas permitem essa adaptação com o processo de vendas da empresa.

Nesse sentido, nos dias de hoje, é imprescindível contar com uma ferramenta tecnológica que atue como um “plus” na sua gestão imobiliária. Por exemplo, com uma boa solução, é possível que o corretor envie propostas através do app ou portal do corretor. Além dos dados da proposta, ainda permita também enviar fotos de documentos e outros anexos.

Uma boa ferramenta digital para gestão imobiliária precisa auxiliar de forma eficaz, simples e rápido a gestão comercial, trazendo soluções para as maiores dificuldades de gestão enfrentadas pelas construtoras.

A sua proposta precisa ser justamente transformar os negócios imobiliários possibilitando mais controle aos gestores comerciais e mais autonomia aos corretores de imóveis.

O que achou do conteúdo de hoje sobre a tendência do mercado imobiliário para os próximos anos? Gostou? Então, não deixe de acessar o nosso artigo sobre como a tecnologia e a inovação impactam nas vendas do mercado imobiliário!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp

PARCEIRO OFICIAL

Facilita CRM

O  Facilita foi criado para permitir que vendedores externos possam colaborar de forma mais produtiva com a equipe interna, garantindo mais visibilidade e controle ao gestor comercial e mais autonomia aos vendedores.

Conecte-se e dê o Start na sua
inovação e transformação digital

VALLEY'S DESTAQUE

Por que integrar marketing e vendas no mercado imobiliário?
  Foi-se o tempo em que marketing e vendas trabalhavam de forma separadas, a união...
4 Ferramentas de marketing digital que irão ajudar na sua imobiliária
Para quem trabalha com venda de imóveis, a presença no ambiente digital não é mais...

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de tudo que acontece no imobvalley

O primeiro Ecossistema de Inovação e transformação digital do Mercado imobiliário Brasileiro.

Transformação